Documento sem título
D

Glossário Ascar de termos supermercadistas

D

 

D. A. Retail - Revista mensal espanhola dirigida ao público varejista em geral.

Databar - Código de barras que inclui outras informações como a data de validade do produto.

Data da embalagem - A data em que o produto foi feito ou embalado para venda.

Data de validade - Data carimbada ou impressa no rótulo dos produtos perecíveis e alimentares para indicar o último dia que ele pode ser vendido ou consumido. Na mesma noite ou no dia seguinte pela manhã deve ser retirado da área de venda.

Degustação - Programa de marketing usado na loja para estimular a venda de um produto. Mais usado na Padaria, F.L.V., e nos Frios e laticínios. O cliente é incentivado a provar os produtos a partir de uma bandeja com amostras. Veja Degustação do fabricante.

Degustação do fabricante - Oferecer uma amostra de um novo produto para ser provado pelos clientes, na área de vendas.

Demarcação - Alteração para baixo dos preços de venda causada por oferta, preço mais baixo de compra ou interesse comercial. Veja Remarcação.

Demonstração - A promoção de produtos em uma loja com amostras para o cliente provar e explicações dadas sobre o produto por demonstradoras, com o objetivo de estimular a venda. Veja Promotor de venda.

Demonstração de Lucros e Perdas – Um demonstrativo contábil e gerencial que especifica em detalhes as receitas, lucro bruto, despesas e lucro final de um departamento, loja, empresa ou outra unidade de negócio.  Conhecido como D.L.P. Também chamado por uns de DRE abreviação de Demonstrativo de Resultados.

Demonstradoras - Profissionais geralmente femininas e enviadas pelos fornecedores para promover a venda de produtos em uma loja. Veja Demonstração.

Departamentalização - Forma racional de expor e dispor produtos e categorias de produtos nos equipamentos expositores. Ela pode ser macro em se falando de categorias e micro quando é definida a localização produto a produto

Departamentalização horizontal - Forma de expor horizontalmente na gôndola produtos similares, de mesmo subgrupo.

Departamentalização vertical - A prática de merchandising de exibir todas as marcas de um subgrupo de produtos diretamente acima e abaixo do outro nas prateleiras da gôndola.  

Departamento - Uma área física, mais ampla que uma seção, em uma grande loja de varejo para a exposição de uma abrangente categoria de produtos correlatos. Um departamento pode ter várias seções, como o de perecíveis que tem carnes, frios, padaria etc. Um hipermercado tem cinco departamentos. Veja Seção.

Departamento central - É um termo para designar a mercearia que normalmente é localizada no centro da área de vendas. Veja Departamento.

Departamento central de compras – É o departamento de compras da sede da empresa, aquele que determina as políticas de compra da companhia.

Departamento de marketing - Departamento interno de uma empresa de varejo que faz pesquisas diversas e programa toda a atividade de marketing e os meios de comunicação com o público alvo.

Departamento de serviço – Departamento ou seção da loja que, além da venda em autosserviço, tem balcão para atender aos pedidos dos clientes, como por exemplo, carne, peixaria, frios e laticínios, padaria e o departamento de eletrodomésticos. A mercearia e o bazar de um supermercado ou hipermercado são aqueles que operam exclusivamente em autosserviço.

Departamentos de um hipermercado - O normal é este formato de loja operar com cinco departamentos; mercearia, perecíveis, bazar, Eletroeletrônicos e têxtil. Cada um deles é composto de várias seções.

Departamento terceirizado - Um departamento ou seção da loja que é cedido a um especialista e operado por ele. A loja recebe aluguel ou uma taxa sobre os negócios.

Depósito – Qualquer área coberta ou não, destinada a receber, estocar e enviar mercadoria a clientes mediante pedido. Veja Centro de distribuição.

Deposito da loja - Uma área adicional de armazenagem de produtos em uma loja, para o rápido reabastecimento da área de vendas, quando necessário.

Depósito de perecíveis - é o depósito central que recebe, processa e distribui perecíveis para as lojas, pré-empacotados ou não.

Depósito de trocas - Um lugar reservado onde a mercadoria danificada é guardada para possível troca ou devolução ao fornecedor. Veja Mercadorias danificadas.   

Depreciação - A redução do valor contábil de um ativo fixo de uma empresa ao longo de determinado período. Esse valor pode ser deduzido do lucro tributável e gera os recursos de caixa para reposição do ativo fixo ao fim de sua vida útil.

Descanso da massa - Uma fase da fermentação durante o processo de preparação da massa em que ela descansa após o preparo e antes de ser assada.

Desconto - Incentivo do fabricante para a venda de um produto, por pagamento a vista ou antecipado, ou uma promoção para o varejista reduzir o preço na loja.

Desconto comercial - Um desconto feito na fatura a partir do preço normal do fabricante.

Desconto de quantidade – Um preço especial dado pelo fabricante como desconto, com base na quantidade de caixas adquiridas em uma única ordem ou durante um determinado período de tempo.

Desconto para invendáveis - Um subsídio dado pelo fornecedor para cobrir o montante previsto de produtos invendáveis. É uma antecipação da troca. Usado mais para produtos perecíveis. Veja Invendáveis.

Desconto para promoção - Um desconto oferecido pelos fabricantes para atacadistas e varejistas poderem reduzir o preço de venda, fazer propaganda ou algum tipo de promoção. Veja Verba de propaganda.

Descrição de cargo - Uma redação formal que explica e comunica as responsabilidades e as funções de um cargo.  Ela especifica os deveres, as tarefas do cargo e os padrões pelos quais o trabalhador será avaliado.

Despesa de juros - O custo do dinheiro tomado emprestado, incluindo todos os encargos de juros e outros encargos sobre a dívida de curto ou longo prazo.

Despesa direta - Uma despesa que está associada diretamente a uma loja, departamento ou segmento da operação.

Despesa fixa - O valor de despesas que não mudam, independentemente das oscilações nas vendas ou na produtividade, tais como seguro e aluguel fixo.

Despesa variável - Uma despesa ou custo que acompanha para cima ou para baixo as oscilações do volume de vendas, como por exemplo; impostos, parte do pessoal ligado às vendas, embalagens e comissões.

Despesas - Despesas gerais de uma empresa que incluem salários, suprimentos, embalagens, publicidade, depreciação e manutenção entre outras.

Despesas controláveis - São aquelas despesas que, estando sob o controle do gerente da loja, podem ser por ele administradas e quando necessário for serem reduzidas tais como: salários, perdas, quebras, energia etc.

Despesas Operacionais - Os custos ou despesas de operação de uma loja ou negócio.

Despesas Rateadas - Despesas centrais que, como não podem ser alocadas em uma loja ou seção, são rateadas para as lojas ou seções, completando seu custo total.

Devolução de mercadoria - Mercadoria invendável, danificada ou defeituosa enviada, por uma loja, para um fornecedor ou distribuidor para ser ela creditada ou reembolsada.

Diagrama de circulação Uma representação gráfica do caminho percorrido por uma amostragem de clientes durante sua permanência na loja. Veja Fluxo de clientes

Digitalizar - Veja Escanear.

Digitar e empacotar - Técnica usada em algumas lojas cujos operadores de caixa digitam as mercadorias e vão empacotando ao mesmo tempo.

Diretor regional – Responsável maior por toda uma área geográfica e suas lojas, escritório e depósitos em todos os aspectos operacionais e comerciais. Veja Supervisor de loja.

Display - Uma técnica de merchandising usada para destacar um produto, concentrando a exposição de forma a atrair a atenção do cliente.

Display árvore - Uma unidade de display independente com um poste central e ganchos ou prateleiras que se assemelha a uma árvore.

Display de corredor - Uma exposição isolada e suplementar de um produto feita nos corredores mais largos da loja para a venda extra de produtos. Os produtos podem ser empilhados no chão ou colocados sobre mesas, em containers ou qualquer equipamento expositor.

Display extra - Uma exposição promocional de um item, em loja varejista, em adição à sua exposição regular em uma gôndola. 

Display maciço - Enorme quantidade de produtos expostos a granel, em cestas, ou em contentores. Veja Exposição em massa.

Distribuição automática - Envio de determinada quantidade de produtos para as lojas, por decisão da sede, independente do interesse ou pedido delas. Feita em épocas ou momentos especiais.

Distribuição física - Todo o processo de planejamento, armazenagem, pedido e expedição de produtos através da cadeia de abastecimento.

Distribuição Hoje - Revista mensal portuguesa especializada na produção e distribuição varejista.

Distribuição limitada - Proposta de introdução de um novo produto de marca nacional, mas só em uma área geográfica específica.

Distribuidor O intermediário que abastece com produtos os supermercados, através de um centro de distribuição. Pode ser exclusivo de um fabricante ou não.

Distribuidor atacadista - Uma empresa que armazena, entrega e vende produtos de especialidade a um varejista. Pode ser exclusivo de um fabricante ou não.

DLP - Demonstrativo de Lucros e Perdas.

Doca - Uma área na loja ou deposito para receber, conferir, carregar ou descarregar mercadorias.

Dois por um - Promoção em que dois produtos são exibidos juntos e você ao pagar um, leva o outro de graça.

DPH – Seção da loja que engloba a perfumaria, higiene e limpeza.

Drugstore - No conceito americano é uma loja em autosserviço que vende não alimentos em geral, produtos de higiene, saúde e beleza, remédios que não exijam receita médica (OTC) e opera uma farmácia para medicamentos que necessitam de receita.