Documento sem título
S

Glossário Ascar de termos supermercadistas

S

 

Sacola – Embalagem, normalmente de plástico, utilizada na frente de caixa para ensacar os produtos dos clientes. Veja Empacotador.

Salário médio mensal - Uma média de todos os salários de uma loja ou empresa, calculado pela divisão do total de salários pagos pelo total de funcionários.

Sangria - A remoção periódica do excedente de dinheiro dos caixas da loja para a tesouraria a fim de evitar perdas financeiras.

Sanitização - A última parte do processo de limpeza dos equipamentos e mesas de preparo de alimentos para reduzir a carga microbiótica, dos micro-organismos, a um nível seguro.

Sazonalidade - Variação da oferta de produtos em determinadas épocas do ano.

Scanner - VejaEscâner.

Seção - Uma área na loja destinada a uma abrangente categoria de produtos. Em um supermercado elas são; mercearia, carnes e aves, frutas e verduras, frios e laticínios, padaria, peixaria, bazar e rotisseria. Veja Departamento.  

Seções de perímetro - São os departamentos ou seções de perecíveis de um supermercado que normalmente são localizados na periferia da área de vendas pela necessidade que têm das áreas de apoio, de seus depósitos e de balcões de atendimento. Veja Departamento.

Segurança da loja – Pessoas e métodos usados para fornecer um ambiente seguro de trabalho e uma área de estacionamento e comercial livre de violência, roubo, furto e perda além de coibir o furto dos funcionários.

Selar caminhão - Um procedimento de segurança para as entregas de caminhão. O caminhão é cadeado e selado com um slim, numeradas tiras de metal. O receptor da mercadoria quebra o selo e grava o nome do condutor e o número do selo em um log.

Self-checkout - Equipamento de frente de caixa para a digitação e pagamento de mercadorias pelo próprio cliente, sem o auxílio de uma operadora de caixa.

Senha para atendimento - Etiqueta numerada oferecida aos clientes quando é necessário fila para ele ser atendido nos balcões de atendimento das seções de perecíveis. Com ela evita-se perda de tempo e garante ordem nos serviços.

Serviços ao consumidor - Os serviços oferecidos pela loja, tais como: entrega em domicílio, área para estacionamento, segurança, empacotadores, pagamento de contas etc.

Serviço de alimentação – Em inglês Food Service, é a parte do comercio alimentício de transformadores, refeições corporativas e restaurantes.

Serviço de terceirização de inventário – Empresas terceirizadas responsáveis pela realização da contagem física do inventário.

Servidor - Um computador central, que pode ser acessado e utilizado por vários terminais. 

Shopping center - Nome genérico para um grupo de lojas de varejo complementares, agrupadas numa única área com um parque de estacionamento comum. Também chamado de Centro comercial.

Shopping center aberto - Um centro comercial aberto e de rua, de pequeno porte e abrangência. Ancorado por um supermercado ou um posto de gasolina e operando algumas lojas alinhadas.

Shopping center outlet – É um centro comercial afastado das cidades, que reúne lojas de fabricantes ou multimarcas, comercializando pontas de estoque e coleções passadas com grandes descontos.

Shopping center temático - É aquele centro comercial especializado em algum segmento do varejo como; construção, decoração ou automotivo.

Shopping center de vizinhança - Um centro comercial coberto, de porte médio e abrangência limitada. Ancorado por uma loja de departamento e/ou um supermercado. Pode chegar a ter até 15.000 metros quadrados de (ABL) Área bruta locável.

Shopping center regional - Um centro de compras de grande porte e de forte atratividade. Opera com várias lojas âncoras e total variedade de produtos e lojas, além de salas de cinema e grande área de alimentação.

Shrink-wrap - Um processo para estabilizar a carga de um palete envolvendo-o todo com um filme plástico transparente.

Sinalização - É a forma de comunicação da loja com seus clientes (externa) e funcionários (interna). São placas de orientação ou de propaganda de diversos tamanhos usadas para informações e para atrair clientes para seções ou produtos além de orientar a circulação de todos.    

Sistema de informação gerencial - Um sistema computadorizado desenvolvido para fornecer aos gestores informações atualizadas sobre o desempenho de uma empresa ou loja como, estoque, vendas ou lucros.

Site - O termo original website ganhou a forma abreviada de site e é um local virtual, na internet identificada pelo seu nome de domínio. Nele as empresas se apresentam, põe texto, fotos, informações, vendem produtos, serviços e a si mesmas.

Shopper - O cliente que compra e que nem sempre é aquele que consome. Veja Consumidor

SKU - Stock-keeping unit, é o termo utilizado em inglês, para a numeração e identificação dos itens mantidos em estoque numa loja. Cada marca, tamanho, cor ou sabor de produto tem seu próprio identificador.

Slot - Um local numerado em um centro de distribuição que indica a localização de estocagem de um produto.

Solução de refeição - Alimentos preparados no supermercado para consumo no local ou em casa.  Eles estão prontos para o consumo ou necessitam de pouca preparação adicional do consumidor final ou da loja.

Solução de refeição - É um programa que procura facilitar a vida dos clientes, vendendo-lhes não só ingredientes, mas solução de alimentação. Esta foi a forma encontrada pelos supermercados para competirem com os restaurantes. Além de terem seus próprios restaurantes ou lanchonetes, vendem produtos pré-preparados que já são, ou facilmente se transformam em refeição. Tipo “não requer pratica nem experiência” que facilita a vida das famílias para o preparo das suas refeições. Falo das saladas, pizzas, sushis, congelados, sanduíches, pratos vendidos nas rotisserias entre tantos outros. Veja Produtos pré-preparados.

Sortimento - Veja Variedade de marcas.

Sortimento eficiente - Um método do ECR para maximizar vendas e margens brutas. Seus principais meios são a gestão de categoria e a alocação de espaço na loja. Busca ações rápidas quanto a produtos, em resposta às mudanças nas compras do cliente, além de estratégias de preços para aumentar o retorno dos investimentos.

Supercenter - É a versão americana do hipermercado francês. Uma combinação de um supermercado com uma loja de desconto operando em autosserviço, com área de vendas de cerca de 10.000 m2. Vende a preços baixos cerca de 60.000 itens. Veja Hipermercado.

Superhiper – Principal revista brasileira mensal dirigida à indústria dos supermercados e seus fornecedores e publicada pela Abras, Associação Brasileira de Supermercados.

Superloja - É um supermercado de grande porte, muito amplo, com cerca de 3.500 m2 de área de vendas e uma forte participação das seções de perecíveis, além de um espaçoso não alimentos.

Supermarket News - Revista mensal americana dirigida ao publico supermercadista.

Supermercado - Em termos genéricos é uma loja de alimentos que vende em autosserviço com dois ou mais checkouts e opera no mínimo as seções de alimentos. Difere das lojas que focam preço como as Lojas de desconto ou as econômicas (Clubes ou LSL) bem como das lojas de venda em massa como os hipermercados.

Supermercado compacto - É a loja de alimentação em autosserviço mais adaptada a pequenas cidades e bairros de grandes cidades. Tem cerca de 300 a 800 metros quadrados de área de vendas e 6.000 itens em linha, com pouca oferta de bazar. É a loja de vizinhança e de compra semanal da sua localidade.  

Supermercado de proximidade - É a loja do dia a dia. Conveniente pelo pequeno tamanho (de 150 a 400 m2) e por ser perto de você, seu vizinho. Tem pequeno poder de atração, opera só com o básico e tem preços menos em conta.

Supermercado econômico (Loja) - Em termos genéricos a Loja Econômica é todo formato que foca preço baixo, com um sortimento limitado de produtos. Tem que trabalhar com alto volume de vendas e custos operacionais baixos para compensar sua menor margem de lucro. Falo da Loja de sortimento limitado, do Clube atacadista, da Loja deposito e do Atacado misto.

Supermercado gourmet - É um supermercado especial com refinada linha de produtos, muito importado, ampla variedade e sortimento, serviço e atendimento de qualidade e um ambiente agradável para as compras. Apesar de mais caro apresenta ótima proposta de valor. É aquele que apresenta a melhor proposta de solução de refeição e produtos processados. Veja Produtos gourmet.

Supermercado Moderno - Revista mensal para supermercadistas publicada pela editora Informa Publicações Ltda.

Supermercado tradicional (convencional) - É o nosso tradicional supermercado (surgiu em 1.930) com área de venda de 800 a 2.500 metros quadrados. Opera pelo menos as cinco tradicionais seções de uma loja: mercearia, carnes, frutas e verduras, frios e laticínios e bazar. Com cerca de 12.000 itens em linha opera preferencialmente em autosserviço, com preços moderados. É a loja de compras da semana, o formato que apresenta o maior equilíbrio entre sua proposta de servir, suas características e as necessidades de alimentação dos consumidores. É o formato mais equilibrado para a venda de alimentos.

Spinner - Um display que gira 360 graus.

Supervisor de loja – Um profissional de operações responsável por um grupo de lojas em tudo que diga respeito à gestão e aos resultados operacionais. Também chamado de Gerente distrital. Veja Diretor regional.

Suprimentos da loja - Materiais e produtos necessários para conduzir o dia a dia de uma loja, ou seja, sacolas, vassouras, lâmpadas, material de limpeza etc.

Sustentabilidade - Conceito que implica na preocupação de pessoas e empresas em atuações sociais e de preservação do meio ambiente.