Documento sem título
I

Glossário Ascar de termos supermercadistas

I

 

Imagem da loja - A impressão que fica no cliente de uma loja de varejo, ao ele interagir com ela, seus funcionários, sua propaganda, seu nível de serviços, seu marketing enfim, com ela como um todo. É como os clientes enxergam a loja.

Imagem da marca - A visão dos consumidores sobre a qualidade, valor e gosto de um produto.

Impacto - Uma medição da reação dos clientes ao merchandising e a propaganda de uma loja.

Índice de Perdas – Índice obtido pela divisão das perdas a preço de venda ou custo, com as vendas do período e, multiplicando o resultado por 100. No Brasil fala-se em um percentual de cerca de 1,8 %.

Índices de produtividade – Medidas ou índices usados para comparar a produtividade de uma loja ou empresa com o mercado. Os mais comuns no Brasil são, venda por metro quadrado, por checkout, por número de funcionários e número de funcionários por 100 m².

Intermediário – Qualquer pessoa ou empresa que está no meio de um processo de compra ou no fluxo dos produtos do fabricante aos clientes finais.

Internet - Rede mundial de computadores. O sistema permite enviar e receber mensagens, realizar pesquisas, acessar órgãos públicos, bancos, etc. bem como fazer propaganda e venda de produtos e serviços.

Intranet - Uma rede interna de computadores para facilitar a comunicação entre os funcionários de uma empresa

Invendáveis - Produtos sem condições de venda, por estarem danificados, vencidos ou estragados. Veja Desconto para invendáveis.

Inventário de mercadorias - A relação de todos os produtos existentes na loja num determinado momento, bem como sua avaliação a preço de custo e venda. Uma análise desse inventário trás informações valiosas sobre perdas, nível de estoque, giro, qualidade do estoque e desempenho da gerencia e equipe. Deve ser feito, no mínimo, uma vez por ano.

Inventário estimado - Um método de cálculo do estoque de um determinado momento  sem o uso da contagem física. Use o valor do último estoque físico a preço de venda adicione a compra do período e subtraia a venda, ambos a preço de venda também.  

Inventário físico - A contagem do estoque físico de uma loja, ou empresa, em determinado dia e avaliado por unidade, a preço de custo e preço de venda.

Inventário gerenciado pelo fornecedor - A gestão e controle do seu inventário são feitos pelo fornecedor, incluindo previsão de vendas, ajustes, pedidos de reposição, automáticos e entregas. Veja Reposição contínua.

Inventário rotativo - Inventário realizado em algumas famílias de produtos, com a loja aberta, Feito periodicamente com diferentes famílias até contemplar todos os produtos.

Itens básicos Aqueles necessários para o dia a dia dos clientes. São produtos que os clientes esperam sempre encontrar em seu supermercado.

Itens combinados - Produtos consumidos ou utilizados em conjunto, e que podem ser expostos juntos. É o caso de massa com queijo ralado, vinho e queijo, morango e creme de leite entre outros. Veja Venda e exposição cruzada.

Itens lucrativos - Produtos que têm uma alta margem de lucro. Displays criativos, e melhor exposição na gondola trazem lucros acima da media para a loja. Veja Oportunidade de lucro.

Itens por hora - Uma quantidade média de itens registrados ou escaneados por uma operadora de caixa durante uma hora.